Comunidade de Planejamento, Controladoria e Finanças | Treasy
Comunidade de Planejamento, Controladoria e Finanças | Treasy
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

CVM adota padrão global de reporte ESG para empresas

Renata Camargo
out. 30 - 3 min de leitura
000

O Brasil saiu na frente e passa a ser o primeiro país do mundo a adotar oficialmente o recém-criado padrão global para divulgações financeiras de sustentabilidade para empresas e fundos.


Em junho de 2023, o International Sustainability Standards Board - ISSB, ligado à IFRS Foundation (a mesma organização que dá as regras para o padrão contábil mais adotado pelas empresas de capital aberto do mundo) divulgou a versão oficial das normas globais para padronizar a divulgação de riscos e oportunidades de sustentabilidade.

O padrão vem para acabar com uma das dores das empresas, que é a de escolher a melhor maneira de divulgar seus esforços e resultados relacionados à sustentabilidade. 

Para os investidores (mas também outros stakeholders), a padronização facilitará na hora de comparar as informações financeiras relativas à sustentabilidade (como por exemplo, de que maneiras os riscos e oportunidades dessa natureza afetam os indicadores financeiros das empresas, fundos e outros ativos mobiliários). 

O Brasil se coloca na frente, tornando-se o primeiro país a adotar oficialmente o padrão global. Segundo a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a nova norma entrará em vigor no dia 1º de novembro deste ano. Inicialmente, ela será de adesão voluntária e a obrigatoriedade passa a valer a partir de 2027 (referente ao exercício de 2026).

E o que muda com as novas regras?

Existem dois conjuntos de normas, o IFRS S1 (General Requirements for Disclosure of Sustainability-related Financial Information) e o IFRS S2 (Climate-related Disclosures). 

Segundo press release divulgado pela IFRS:

“A IFRS S1 fornece um conjunto de requisitos de divulgação destinados a permitir que as empresas comuniquem aos investidores os riscos e as oportunidades relacionados à sustentabilidade que enfrentam em curto, médio e longo prazo. A IFRS S2 estabelece divulgações específicas relacionadas ao clima e foi projetada para ser usada com a IFRS S1. Ambas incorporam integralmente as recomendações da Task Force on Climate-related Financial Disclosures (TCFD).”

De acordo com a PwC, a IFRS S1 exige que as entidades sigam um processo de duas etapas para identificar e divulgar todos os riscos e oportunidades materiais relacionados com a sustentabilidade:

  1. O primeiro passo ajuda a identificar riscos e oportunidades relacionados com a sustentabilidade que podem afetar as perspectivas de uma entidade a curto, médio e longo prazo.

  2. O segundo passo ajuda a determinar as divulgações a fornecer em relação aos riscos e oportunidades relacionados com a sustentabilidade identificados no passo 1.

Já para o S2, relacionado às informações climáticas, há exigências mais específicas.

“A IFRS S2 exige que as entidades considerem outras métricas baseadas no setor e sete métricas intersetoriais ao divulgar componentes qualitativos e quantitativos sobre como a entidade utiliza métricas e metas para medir, monitorizar e gerir os riscos e oportunidades relevantes relacionados com o clima identificados. As métricas intersetoriais incluem divulgações sobre emissões de gases de efeito estufa (GEE), riscos de transição, riscos físicos, oportunidades relacionadas ao clima, aplicação de capital, preços internos de carbono e remuneração.”


Para saber mais: 

  • A Deloitte publicou um artigo bem completo sobre a S1. Você pode acessá-lo aqui.

  • A Ernst & Young elaborou um material com informações mais detalhadas sobre o padrão global. Acesse-o aqui

E você, o que acha do padrão global de reporte ESG?


Fontes:

https://capitalreset.uol.com.br/empresas/companhias-abertas/issb-lanca-padrao-global-para-sustentabilidade-nos-balancos/

https://www.tnxbrasil.com.br/noticias_tnx/brasil-sai-na-frente-e-cvm-adota-padrao-global-de-reporte-esg/

https://viewpoint.pwc.com/dt/gx/en/pwc/in_briefs/in_briefs_INT/in_briefs_INT/ifrs-sustainability-disclosure-standards-have-been-released.html 

https://www.ifrs.org/content/dam/ifrs/news/2023/issb-standards-launch-press-release-portuguese.pdf



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você