Comunidade de Planejamento, Controladoria e Finanças | Treasy
Comunidade de Planejamento, Controladoria e Finanças | Treasy
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Posso considerar Depreciação de Centros de Custos Produtivos na Margem e Depreciação de Centros de Custos Administrativos no EBITDA?

Posso considerar Depreciação de Centros de Custos Produtivos na Margem e Depreciação de Centros de Custos Administrativos no EBITDA?
Gilles B. de Paula
set. 23 - 2 min de leitura
040

Olá pessoal!

Estou montando uma análise gerencial pela ótica de competência e gostaria de tirar uma dúvida com os colegas. Portanto, partindo das premissas abaixo...


Premissa 01: melhores práticas para lançamentos financeiros

  • Além do detalhamento das entradas e saídas por Contas (chamadas Categorias em alguns sistemas), é ideal que os lançamentos também sejam feitos por Centros de Resultados (também conhecidos por Centros de Custos). Desta forma, é possível identificar não apenas o que está sendo gasto, mas também onde estas despesas acontecem, entendendo o quanto destas Despesas são produtivas, administrativas ou outras.
  • Entre as diversas categorias de lançamentos financeiros, temos os Investimentos Operacionais (computadores, máquinas, equipamentos, móveis, etc.) que também devem ser lançados por Centros de Resultados. Desta forma, sabemos o quanto está sendo investido em cada departamento e entendemos o quanto destes Investimentos são produtivos, administrativos ou outros.

Premissa 02:  melhores práticas na confecção do Demonstrativo de Resultados (DRE)

  • Gastos com Pessoal (salários, encargos e benefícios) de funcionários que atuam na operação devem ser alocados antes da Margem de Contribuição;
  • Gastos com Pessoal (salários, encargos e benefícios) de funcionários que atuam na administração devem ser alocados antes do EBITDA;
  • Gastos com Pessoal (salários, encargos e benefícios) de funcionários que atuam nas demais áreas devem ser alocados antes do Resultado Operacional;

Premissa 03:  melhores práticas na confecção do Demonstrativo de Resultados (DRE)

  • Despesas geradas pela operação devem ser alocados antes da Margem de Contribuição;
  • Despesas geradas pela administração devem ser alocados antes do EBITDA;
  • Despesas geradas pelas demais áreas devem ser alocados antes do Resultado Operacional;

Ao mesmo tempo, temos outra premissa que fiz

Premissa 04: EBITDA

  • EBITDA em português fica LAJIDA, que por sua vez significa Lucro Antes dos Juros Impostos, Depreciação e Amortização . Ou seja, a Depreciação deve ser alocada no DRE após a linha do EBITDA;

E aqui que surge o questionamento!!!

Para uma visão gerencial, como temos os Investimentos lançados por Centros de Resultados, temos também como encontrar a Depreciação por Centro de Resultados, separando o que referente à Depreciação de bens de Centros de Resultados produtivos, administativos e outros e alocá-los no DRE conforme a imagem abaixo, seguindo o mesmo racional utilizado para os Gastos com Pessoal e Despesas:

Depreciação no DRE e DFC


Na visão dos colegas, esta análise gerencial faz sentido?


Denunciar publicação
    040

    Indicados para você